A ESCOLA FRANCESA DAS COMPETÊNCIAS

Assim como há diferentes definições de competências, também há diferentes maneiras de classifica-las. Uma forma de classificar as competências é aquela adotada pelos franceses, que as agrupam em categorias de saberes. A principal classificação francesa é chamada trilogia dos saberes: saberes propriamente ditos, saber-fazer e saber-ser. A essa trilogia agregaremos o saber fazer-fazer.

  • Saberes propriamente ditos: conjunto dos conhecimentos gerais ou especializados para realizar uma atividade. Podem ser conhecimentos teóricos ou o domínio de determinadas linguagens científicas e técnicas. O todo ou parte de um conhecimento teórico relativo à totalidade assim como a uma simples unidade de um assunto. Por exemplo: “conhece os princípios termodinâmicos do motor a explosão, conhece a mecânica dos fluidos, conhece a escrita egípcia”.
  • Saber-fazer: domínio de ferramentas e métodos para realizar uma atividade. É importante determinar quanto do saber-fazer é transferível para outras situações de trabalho. Exercício da totalidade ou de parte das técnicas, das práticas e dos métodos de uso relativos a um saber. Por exemplo: “é capaz de diagnosticar uma disfunção em um motor a explosão, calcular o coeficiente de reabastecimento de um reservatório de água colocado em uma temperatura inferior a zero, decifrar hieróglifos egípcios e escrever um texto nessa linguagem”.
  • Saber-ser: conjunto de aptidões e comportamentos no trabalho, maneiras desejáveis de agir e interagir. Não se trata de avaliar a personalidade das pessoas.
  • Saber fazer-fazer: significa saber fazer outras pessoas fazerem, ensinar; procedimento que permite explicar, ensinar e controlar a execução de um saber-fazer ou o conhecimento de um saber. Por exemplo: “explicar o funcionamento de um motor a explosão, transmitir seu saber a estudantes de mecânica, demonstrar um procedimento ou método de desmontar um motor, mostrar o procedimento de reabastecimento de um tubo, ensinar a escrita egípcia e sua decodificação”.

Para conhecer mais: MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Recursos humanos: estratégia e gestão de pessoas na sociedade global. Rio de Janeiro: LTC, 2014.